Conto Vestido Vermelho de Sangue - Amanda Ághata Costa

4 comments


Olá Pessoal!

A Resenha de hoje é um dos contos da antologia Demontale - As Matadoras do Submundo. 

Vestido Vermelho de Sangue da nossa mais nova parceira a autora Amanda Ághata Costa. 

Amanda Ághata Costa

Amanda Ághata Costa nasceu em 21 de Outubro de 1993, em São João Batista, uma cidade do interior de Santa Catarina. Formada em Pedagogia e amante das palavras desde a infância, jamais imaginou que um dia sua voz seria ouvida. Com papel e caneta em mãos, espera poder tocar as pessoas com suas histórias, fazendo-as vibrar e amar cada fragmento das mesmas. De todas as coisas do universo, aventurar-se nos mares da fantasia é sua maior paixão. A Escolhida é seu romance de estreia.


Vestido Vermelho de Sangue


◊ Sinopse:

  Era uma vez...uma rainha muito má, que queria controlar todos os reinos dos contos de fadas. Cansada dos finais felizes — principalmente das bruxas e madrastas incompetentes — resolve fazer um pacto com o bom senhor das trevas, Mefisto, para conquistar o poder de Taleland. Porém, o dissimulado demônio começa a agir sozinho, possuindo o corpo dos príncipes e transformando-os em Generais das trevas a fim de trazer o submundo aos domínios. Bestas, espíritos e criaturas infernais, começaram a aterrorizar os contos de fadas e cabe às princesas derrotar as trevas e expulsar Mefisto do corpo de seus amados, para assim salvar todo o reino. O que será que vai acontecer nesta batalha épica, onde as mocinhas terão que se tornar verdadeiras guerreiras? Conte-nos vocês! Convocamos todas as princesas dos contos de fadas para embarcar nesta aventura! Peguem suas winchesters e seus kits contra as trevas! A caçada começa agora!

Gênero: Conto


◊ Resenha:

Elisa é uma princesa cujos modos e vestimentas a posicionam como tal, porém sua alma pulsa para outra direção. Ao invés de castelos, vestidos e príncipes, a garota se encaixa em livros, adagas e demônios.
Amanda Ágatha Costa criou em um conto uma história com lendas e dons hereditários. As criaturas do submundo precisam ser eliminadas antes que o reino todo seja tomado.
Elisa é uma personagem criada para mostrar a força e o poder da mulher. Embora ela seja uma princesa, educada para ser exemplo de bons modos e delicadeza, seu sangue circula mais rápido quando o assunto é aventura.
Narrado em primeira pessoa pela voz de Elisa, o pequeno conto é direto, bem descrito e cheio de pequenos detalhes que formam uma história uniforme que não deixa brechas, porém deixa abertura para outras histórias serem contadas, tipo as Crônicas do Submundo.




*Foto da Resenha no Instagram (Veja aqui) 



♥Redes Sociais


https://www.facebook.com/aetrilogia/
Espero que tenham gostado :)
O que vocês acharam deste conto?
Super beijo,
Juliana Lima
Próximo Postagem mais recente Post AnteriorPostagem mais antiga
Página inicial

4 comentários:

  1. Menina, que capa maravilhosa. Conheço a Amanda do facebook e admiro muito ela. Mas infelizmente ainda não li nada dela. Mas pretendo mudar isso. haha. Adorei conhecer este livro, gostei muito da premissa.

    beijos
    http://chalecult.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa Antologia é o máximo :)
      Estou adorando todos os contos e a Amanda realmente arrasa.
      Leia! Você não irá se arrepender :)

      Excluir
  2. A Elisa é uma princesa nada convencional, né, Ju? Fico feliz que tenha gostado do conto. Ele é bem curtinho mesmo, mas pretendo escrever um romance a partir do ponto final. A história deverá se passar após esse conto <3 Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom :)
      Já gostei desse novo romance, a Elisa está para uma princesa mais a minha cara.
      Beijos linda

      Excluir