Conto: Clube dos Amigos Imaginários - Glau Kemp (Antologia Enre Amigos - Editora Sinna).

2 comments


Clube dos Amigos Imaginários é o estilo de contos/livros que eu gosto e, com certeza, a diva Glau Kemp arrasou :)

Leia com urgência!

Título: Antologia Entre Amigos
Autores: Ayumi Teruya, Juliana Lima, Gika Mendonça, Vinícius Machado, Gleize Costa, Carolina Belisario, Camila Villalba, Marcio Zanini, Glau Kemp, Wesley Mendonça, Laurel García, Thássio Ferreira, Fê Jhones, S.M. Oliver, Nuccia de Cicco, Luan Jonathan, Glaucia Santos, Helena Dias, Rosa Chaves, Célio Vieira.
Editora: Sinna
Páginas: 180
Ano: 2017.

Sinopse: Amigos são capazes de cometer loucuras. Não devem, mas se despedem. Misturam as estações e se amam. São a salvação um do outro. Fazem sacrifícios. Colorem a vida. Mostram o que realmente importa para ser feliz e, às vezes, infelizmente partem para sempre ao cumprirem suas missões aqui. Mesmo assim, a vida Entre Amigos é mais feliz.

Você encontrará a Antologia disponível na Amazon : Entre Amigos

◊ Clube dos Amigos Imaginários

    Que. Conto. É. Esse?
    
     Perfeito! Não tirei os olhos do papel nem por um segundo e li em exatos 2 minutos.

"Dedique tempo ao seu melhor amigo, principalmente se ele for uma versão de você mesmo."
    
     Narrado em 3ª pessoa por um narrador onisciente seletivo, Clube dos Amigos Imaginários é um livro muito interessante em vários aspectos. O narrador adentra, quase o todo tempo, na mente dos personagens e relata, através da visão de Thiago, suas impressões do comportamento psicótico e esquizofrênico da maioria deles.
   Thiago, o personagem principal, é um garoto que vive atormentado por um "amigo" imaginário que é uma versão mais despojada e espontânea de si mesmo e frequenta um grupo de terapia aonde convive com mais jovens que tem o mesmo problema ou diagnósticos parecidos. De todos eles, Vanessa é a que chama mais a atenção do garoto, por assumir sua loucura e gostar dela, não se envergonhando de andar com seu amigo imaginário a tira colo, que não é  tão irreal ou, pelo menos, é o mais palpável, o fofo ursinho de pelúcia Bob.
   Glau Kemp criou um universo de amizade e reciprocidade dentro de outro universo aonde a interação social seria algo quase impossível. A ideia da criação de um amigo imaginário geralmente é para a pessoa que se sente solitária e incompreendida, repassando assim, as suas emoções e experiências para um amigo que irá compreendê-la. No conto, há um compartilhamento de vivências entre pacientes reais e os amigos imaginários que não finda após uma intervenção nas reuniões oficiais com a terapeuta, o que prova que se formou um laço real e palpável dentro de mentes. Uma criação brilhante da autora.
    Eu não só indico o livro como voto para que haja um livro de contos sobre as reuniões que acontecem dentro do Clube dos Amigos Imaginários.
     Por favor, Glau! Nunca te pedi nada rs.

Espero que tenham gostado!
Até o próximo conto da Antologia,
Juliana Lima.

Próximo Postagem mais recente Post AnteriorPostagem mais antiga
Página inicial

2 comentários:

  1. Obrigada pelo carinho. Vou atender seu pedido e em breve vamos ter o lançamento de um romance completo com a história desse clube. Bjs.

    ResponderExcluir