Conto: - Está pronto? - Wesley Mendonça (Antologia Entre Amigos - Editora Sinna)

No Comments



"- Está pronto?" é um conto de Wesley Mendonça que nos faz refletir se estamos mesmo prontos para enfrentar a vida.

Leia!

Título: Antologia Entre Amigos
Autores: Ayumi Teruya, Juliana Lima, Gika Mendonça, Vinícius Machado, Gleize Costa, Carolina Belisario, Camila Villalba, Marcio Zanini, Glau Kemp, Wesley Mendonça, Laurel García, Thássio Ferreira, Fê Jhones, S.M. Oliver, Nuccia de Cicco, Luan Jonathan, Glaucia Santos, Helena Dias, Rosa Chaves, Célio Vieira.
Editora: Sinna
Páginas: 180
Ano: 2017.

Sinopse: Amigos são capazes de cometer loucuras. Não devem, mas se despedem. Misturam as estações e se amam. São a salvação um do outro. Fazem sacrifícios. Colorem a vida. Mostram o que realmente importa para ser feliz e, às vezes, infelizmente partem para sempre ao cumprirem suas missões aqui. Mesmo assim, a vida Entre Amigos é mais feliz.

Você encontrará a Antologia disponível na Amazon : Entre Amigos

◊  "- Está pronto?"

    Narrado em primeira pessoa pela voz do adolescente Tiago, o conto passa de uma inocente amizade de infância para uma possível história de amor e termina com uma intrigante história do destino.
    A criação do enredo de Wesley é bem interessante e a forma como ele narra os acontecimentos dando ao leitor as impressões certas no momento certo, fazem do conto uma história corriqueira e divertida que passa de raspão pelo drama e caminha levemente para o suspense com um final surpreendente, digno das grandes obras.
  Confesso que, em alguns parágrafos antes do fim, eu já imaginava o desfecho e não vou dar spoilers de como rs, mas, talvez por ser escritora e leitora já há algum tempo, certos verbos ou jogo de palavras nos fazem compreender, de antemão, os fatos escondidos nas entrelinhas. De qualquer forma, o desenrolar do enredo de Wesley foi uma das  criações que eu considero "narração invisível" quando o personagem consegue transpor tudo e a história passa tanta veracidade que não existe mais autor, leitor ou o espaço físico em si, você se torna a história e só se desprende dela quando enxerga o ponto final.

  Super indico o conto para os amantes de finais surpreendentes!

Espero que tenham gostado!
Até o próximo conto da Antologia,
Juliana Lima.
Próximo Postagem mais recente Post AnteriorPostagem mais antiga
Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário