Conto: Olhos Fechados - Célio Vieira (Antologia Entre Amigos - Editora Sinna)

No Comments
Olhos Fechados é um conto sobre amizade nova e antiga de Célio Vieira

Título: Antologia Entre Amigos
Autores: Ayumi Teruya, Juliana Lima, Gika Mendonça, Vinícius Machado, Gleize Costa, Carolina Belisario, Camila Villalba, Marcio Zanini, Glau Kemp, Wesley Mendonça, Laurel García, Thássio Ferreira, Fê Jhones, S.M. Oliver, Nuccia de Cicco, Luan Jonathan, Glaucia Santos, Helena Dias, Rosa Chaves, Célio Vieira.
Editora: Sinna
Páginas: 180
Ano: 2017.

Sinopse: Amigos são capazes de cometer loucuras. Não devem, mas se despedem. Misturam as estações e se amam. São a salvação um do outro. Fazem sacrifícios. Colorem a vida. Mostram o que realmente importa para ser feliz e, às vezes, infelizmente partem para sempre ao cumprirem suas missões aqui. Mesmo assim, a vida Entre Amigos é mais feliz.

Você encontrará a Antologia disponível na Amazon : Entre Amigos
◊ Olhos Fechados


   Olhos Fechados conta a história de Dona Neuza, senhora idosa que se encontra em um asilo junto com o amor da sua vida toda. Apesar de ser um lugar luxuoso e com excelentes profissionais, eles sentem a falta dos filhos e trocariam todo o conforto que tem neste ambiente por um lar que fosse só dele. Dona Neuza encontra na funcionária Melissa um apoio e passa a narrar para a jovem as suas aventuras de adolescência. Melissa se compadece com a forma como os idosos são amáveis e ganha uma lição de viva após um pedido super especial de Dona Neuza, gravar para os filhos um vídeo de despedida.

"Na vida, encontramos anjos... Eu encontrei os meus. Espero que nunca passem pelo abandono que passamos, pois não sei se conseguiriam sozinhos. "
    
     O conto me tocou profundamente. Na minha adolescência minha vó teve Alzheimer e, naquela época, não sabíamos lidar com a doença da forma como ela é mais esclarecida hoje em dia. Sem saber muito o que fazer e com a vida atribulada, minha mãe e seus cinco irmãos pagaram uma enfermeira bem treinada para cuidar dela. Hoje, lendo esse conto, posso sentir um pouco do que ela sentiu até quando teve consciência e, com certeza, a enfermeira dela foi como Melissa, o anjo que apareceu quando nem mesmo os de sangue puderam doar o melhor de si.

Excelente conto. Leiam!

Espero que tenham gostado!
Até o próximo conto da Antologia,
Juliana Lima.

Próximo Postagem mais recente Post AnteriorPostagem mais antiga
Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário