Uma Canção Para A Libélula part.1 - Juliana Daglio

3 comments


Título: Uma Canção Para A Libélula part.1
Autor: Juliana Daglio
Editora: Arwen
Páginas: 180

Ano: 2015

Sinopse: Era uma comum primavera numa fazenda qualquer, mas um encontro inusitado aconteceu: a Menina e a Libélula se viram pela primeira vez. Assombrada por um medo irracional da Morte, a Menina é marcada por esse encontro para o resto de sua vida. Compõe então uma canção em seu piano, homenageando a misteriosa libélula.
    Os anos se passaram, Vanessa vivia em Londres e tinha a vida cercada por seu iminente sucesso como pianista, porém, algo aconteceu, mudando seu destino: Uma doença, uma viagem e um reencontro.   Vanessa precisará encarar fantasmas que sequer lembrava um dia terem assombrado sua vida, tendo de relembrar a morte do irmão e reviver seu conflito com a mãe. E mais importante e mortal, conhecer a grande antagonista de sua vida, a quem chama de Vilã Cinzenta. 
   De Londres a São Paulo, dos Palcos aos Lagos. “Uma canção para a Libélula” é a história de uma alma perdida e de sua busca por quebrar o casulo de sua existência, para só então compreender o sentido da própria vida.
Este livro é um profundo mergulho em uma mente nebulosa, permeada por lagos obscuros e pela inusitada morte; não havendo sequer esperanças. 

     Narrado em primeira pessoa pela  voz da personagem principal, "Uma Canção Para a Libélula" intriga o leitor com mistérios nos quais a personagem vivenciou na infância e os sentimentos de culpa e angústia que foram somatizados ao longo da vida. Uma leitura viciante, significativa, que permite ao leitor reflexões com o seu próprio "eu" e processos de identificação para pessoas que vivem ou conhecem alguém que viva com essa doença.

    "Num dia de primavera, com a Libélula pairando em frente aos meus olhos, batendo as asas com aquela elegância despreocupada. Eu compus para ela em minha mente, depois em casa sentada ao piano ."

   Uma história intensa que amplia o conceito da depressão, envolvendo os mistérios da mente com drama e ambíguos sentimentos de uma pessoa que convive com a doença, bem como das relações familiares.
  
   Juliana construiu uma narrativa fluída, simples e crescente, prendendo o leitor até o desfecho, sendo este um clímax, impactando o leitor e instigando-o a envolver-se ainda mais na história dos personagens na segunda parte do livro. Os personagens, cada um com suas particularidades, foram criados com enredos próprios que de alguma forma se misturam e contextualizam com a vida da personagem principal. O que a autora aborda de forma brilhante e trás para nossa realidade, evidenciando como cada individuo nesse mundo pode fazer a diferença e interferir na vida de alguém significativamente sem perceber.

    "Ao longo da vida, nós percebemos que grande parte de nossas ideias são meros disfarces mentais, que as verdadeiras respostas estão submersas em uma camada misteriosa que separa nossa consciência de todas as verdades dolorosas"

   O livro aborda muitos conceitos e curiosidades da psicologia, bem como conflitos familiares e seus impactos, o que para mim como também Psicóloga se tornou uma leitura ainda mais instigante.
   Considero e indico como uma leitura enriquecedora, que desperta sentimentos viscerais, certos desconfortos, encontros e identificações com a nossa própria essência e conflitos.
   "A menina em minhas lembranças tinha se encantado pela Libélula, tinha sonhado em ser alguém, tinha acreditado que havia conseguido. Mas até mesmo a libélula virara cinzas."




♥ Redes Sociais
Juliana Daglio
Facebook: Juliana Daglio
Skoob: Uma Canção para Libélula


Editora Arwen
Fanpage: Arwen

Espero que tenham gostado
Beijos,
Dayane Pacco.



Próximo Postagem mais recente Post AnteriorPostagem mais antiga
Página inicial

3 comentários:

  1. Ah, que alegria ler essa resenha!!
    Muito muito feliz que você captou a essência do livro, e que teve bons sentimentos com a leitura. Vanessa tem muitas coisas a dizer, e é uma honra sem igual saber que ela conseguiu falar com mais uma leitora.
    Já mora no meu coração!!

    OBRIGADA POR LER E POR RESENHAR COM TANTO CARINHO! <3

    ResponderExcluir
  2. Alegria a nossa, por ter escritores e pessoas como você, que se preocupam para além das histórias, contextualizar a realidade de uma forma lúdica que possa alcançar e ajudar várias pessoas que estejam se sentindo sozinhas. Parabéns pelo seu lindo trabalho!!

    ResponderExcluir
  3. Muito boa a resenha, captou bem a mensagem da história. Li o primeiro livro em 2015 e fiquei contando os dias para ler a continuação. A Juliana Daglio é uma super escritora e um encanto de pessoa. Parabéns as duas!

    ResponderExcluir